sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Três de Setembro



Menino lá de longe, posso ouvir-te nascer. No peito guarda o mundo todo num só tom. No sorriso é um pouco de todos nós e todos nós, um pouco de você.
Viajante da noite, amador das luzes da cidade. Sonhador dos sonhos antigos.
Frágil como louça e ossos tecidos em aço. Intenso, sublime, amargo e doce.
Olhos pequeninos, negros e foscos...quanta vida já não viu?
Tua gargalhada de criança em contraste com pelos pelo rosto denunciam uma pureza ímpar, capaz de desmoronar no vento.
Personalidade gritante, fugaz e sublime. Sonhos em carmim.
Mistério. Milagre. Surpresa em pele. Pedra firme. Infância contida pelos poros.

O mundo fez-te assim. E tu, fez-te do mundo o que queria viver?
Todo dia é dia de renascer.


Desejo-te para essa nova idade toda a vida de uma vida inteira.
Desejo-te para essa vida inteira, todo o amor que for possível (os improváveis também).
Desejo-te o amor de todas as pessoas que tiverem a sorte de cruzar o seu caminho.
Desejo-te para o caminho as gargalhadas mais sinceras e as dores que façam crescer.
Desejo-te para as dores, os melhores ombros e as melhores calmarias.
Desejo-te calmarias nas relações familiares que aninhem cada pulsar.
Desejo-te pulsões sãs, insanas e simples.
Desejo-te simplicidade para o conjunto e o complexo para quando tiver vontade.
Desejo-te vontade de acordar todas as manhãs em busca de surpresas.
Desejo-te surpresas que te irradiem as retinas.
Desejo-te retinas que sempre vejam além.
Desejo-te além de tudo...que saiba o quão querido você é por mim. Não posso te dar um abraço hoje, mas saiba que tens lugar guardado no meu coração, Pedro.

Te adoro e te desejo o mundo inteiro numa só velinha de bolo.
Feliz aniversário! Parabéns pelo menino-homem tão incrível que você é.
Conte sempre comigo, mesmo.





2 comentários:

Anônimo disse...

sempre um fã seu.
obrigado pelo lindo presente. :)
Pedro.

lollyoliver disse...

Nossa, que congratulação/homenagem mais linda.. Amei muito, de verdade.. Teus textos me encantam!
http://lollyoliver.wordpress.com/

Postar um comentário