terça-feira, 2 de março de 2010

A Escolha


Coroa de espinhos. Amor incontido. Cruz pesada. Cuspes. Tapas. Pregos. Torturas. Feridas. Insanidade.
Sangue. Lágrimas. Dor. Deboche. Tristeza. Barbaridades. Entrega. Perdão.
Houve luz, uma explosão no céu terreno. Um Big Bang em células humanas. A criação de uma nova terra iniciou-se por uma única vida. Um exemplo de novo Adão para a humanidade. "Adão" que foi feto, menino e homem. Deus que desceu para ajudar seus filhos. Ninguém precisou ir até Ele para implorar que nos desse uma chance. Ele desceu. Limitou-se aos passos humanos, ao tempo, as dores. Chorou nossas lágrimas, riu nossos risos, limpou nossas almas, curou nossas feridas, surpreendeu nossos dias, acalmou nossos corações, transformou nossas vidas, nos mostrou milagres incríveis, guiou nossos caminhos, mostrou que somos iguais e rendeu-se por amor. Jesus tinha o poder de sair daquela cruz a hora que ele tivesse vontade. Jesus escolheu o sacrifício.
Ele ressuscitou e ao mesmo tempo sempre existiu. Ele sabia do exato momento que você leria essas linhas, antes mesmo do ventre da tua mãe.
Faça o que quiser com essas informações, mas lembre que essa oportunidade chegou até você.
Talvez você nunca tenha falado com Ele.
Talvez você não acredite na divindade Dele.
Talvez você já tenha O zombado como tantos.
Talvez você já tenha O culpado pelos problemas da sua vida e do mundo.
Talvez você nunca tenha passado uma tarde com Ele.
Talvez você não saiba o quanto Ele gostaria de vê-lo chegar perto.
Definitivamente Ele não é apenas um arquivo dos livros de história por ter dividido o mundo em antes e depois. Assim como definitivamente não foi apenas um ser iluminado que passou lições de solidariedade.
Nosso descaso pelo seu Amor tem nos construído corações de aço, olhos cadavericamente insensíveis e bocas gargalhando a insanidade do prazer de sermos cada vez menos humanos. Estamos sempre insatisfeitos com o que conquistamos, sentindo fome e sede de ter o que as vitrines criam dentro das nossas entranhas frias. Deixe-o cuidar de você.
O mundo continuaria intacto sem você, pessoas certamente poderiam substituir a sua existência, mas Ele te escolheu. Ele o desenhou, Ele pensou no seu nome enquanto nos deixou derramar o Seu sangue com a nossa insensatez marcante. Não existe um só de nós que tenha sido perfeito. Não existe. Estamos em uma constante queda, cada vez mais no fundo de nós mesmos. Não penetramos mais nosso espírito, nossa alma basta para atender os chamados da carne. Parecemos porcos fazendo outros porcos de lama. Quantas vezes por dia nós cuspimos na face de Cristo? Quantas vezes por dia nós o colocamos uma coroa de espinhos?
Quantas vezes nós O fustigamos?
Milhares. O mais apaixonante é que não importa o que a gente faça, Ele nunca deixará de nos amar, nunca. O maior exemplo disso é a própria cruz. Nós nunca saberemos o peso daquela cruz, a dor física e espiritual que ele sentiu, ainda sim Ele pedia aos céus para que o Pai nos desse o perdão. Seu sangue é o perdão. Ainda que todos nos abandonem, Ele sempre vai estar esperando o primeiro "Oi, Deus." para celebrar as nossas vozes. Não existe boa ação que faça Deus te amar mais, nem má ação que faça Deus te amar menos. Isso não significa que Deus não se alegra quando você abraça alguém como se estivesse abraçando ao próprio Criador, nem que Ele não chore quando percebe você indo para a trilha da dor. Para passar a eternidade ao Seu lado, basta um Sim. Basta crer que Ele é o único que nos pode levar aos céus. Você definitivamente não precisa fazer esforço algum para ganha-la, é uma questão de fé.
Não existe nada mais lindo do que ser incondicionalmente amado pelo Criador do universo. Nenhuma palavra pode traduzir o prazer que eu sinto em saber que Ele não nos abandonou.
Não tem como agradecer o que Ele fez por nós, teriamos que dizer um "Obrigada" à cada batida dos nossos corações e mesmo assim não seria o suficiente. Porém, confesso que tenho sentido o prazer de alegrar o coração dele com detalhes. Muitas vezes estarei cometendo o que reprovo na humanidade durante toda a minha existência, o que eu mais quero é poder esboçar um pouco de Deus em cada relação que a vida me doar. É uma escolha.
Não importa o que digam sobre mim, nunca vai importar. Agora é hora de abraçar o mundo e agradecer por cada ser humano maravilhoso, que Ele tem colocado no meu caminho. Mas hoje, especificamente hoje, gostaria de agradecer pelos seres humanos que mais me machucaram, porque eles me fizeram aprender a apontar as minhas fraquezas bem no íntimo. E peço perdão a Deus e a cada um se não pude expressar o quão amável é ter Jesus. Espero que cada um possa sentir o meu perdão sobre as coisas que tenham feito, com arrependimento ou não de tais ações. Eu estou cansada dos nossos julgamentos, das nossas eternas hipocrisias e da velha mania de apontar. Chega, não dá mais tempo para isso. Faça uma escolha, ame.
Fale com Ele hoje
"Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele" (Apocalipse 3,19).

4 comentários:

luna disse...

obrigado por existir.

Marcelo da Silva disse...

obrigado pela mensagem, que ao lê-la deixou-me cada vez mais motivado para viver e abrir portas ao socialismo.

Ananda disse...

q profundo! q belo!!
q verdadeiro!!
é bom te conhecer e ver seus dons e talentos!!

parabéns pelo nosso dia!
rsrs
beijos!!
Ananda

Taw disse...

Que DEUS tenha misericórdia de todos nós, em CRISTO.

Postar um comentário